O mundo está em transe. Por todos os cantos deparamo-nos com as propostas de restrição de direitos fundamentais, em um claro sinal de que o sistema político liberal atravessa uma profunda crise, na medida em que não está conseguindo manter com segurança o Estado Democrático de Direito nem prover os meios mínimos necessários para que as pessoas possam viver em paz e com dignidade.

Leia o artigo na íntegra